Mercado de Trabalho

Categorias
  1. Qual a diferença entre retórica e oratória?

    Qual a diferença entre retórica e oratória?

    No mercado de trabalho é comum nos depararmos com situações em que falar em público é necessário. Para muitas pessoas esse pode ser um momento de extremo nervosismo, mas saber falar em público exige treinamento e algumas técnicas, como desenvolver a capacidade de retórica e ter uma boa oratória. Você sabe a diferença entre estes termos? Neste post você vai entender as semelhanças e diferenças entre eles e como podem te ajudar.

    Você sabe o que é retórica?

    Retórica é a capacidade de falar bem e saber convencer o outro, ser eloquente. Ou seja, é uma técnica utilizada quando se deseja cativar outras pessoas e convencê-las de uma ideia diferente da delas. Essa habilidade não está necessariamente ligada a saber falar em grupo, uma vez que o uso da retórica pode ser utilizada em uma conversa entre duas pessoas.

    A ideia de retórica surgiu no século V a.C., na Sicília, e foi levada para a Grécia. Por lá, ganhou extrema importância, foi estudada e de

    Leia mais »
  2. Qual a diferença entre mentoria e coaching?

    Qual a diferença entre mentoria e coaching?

    Você sabe quais são as diferenças entre coaching e mentoring? As duas palavras parecem ter o mesmo significado, mas cada uma possui a sua metodologia de ensino. Mas o objetivo desses conceitos é o mesmo: desenvolver o potencial dos clientes para alcançar o resultado desejado na área em que eles atuam, porém seguindo abordagens distintas. Além disso, esses métodos de treinamento aprimoram fatores que interferem no caminho para o sucesso profissional e as realizações pessoais. Acompanhe o texto para entender melhor a diferença entre mentoria e coaching!

    Qual a diferença entre MENTORIA e COACHING?

    No coaching o profissional não precisa ser mais velho e ter mais experiências que o seu cliente, e não diz o que deve ser feito. Nesse método, o intuito é incentivar as reflexões e a ter novas perspectivas sobre a carreira e a vida, realizando técnicas de coaching que priorizam o autoconhecimento e a evolução pessoal. Assim é poss

    Leia mais »
  3. Mundo corporativo: qual a diferença entre performance e desempenho?

    Mundo corporativo: qual a diferença entre performance e desempenho?

    Você sabe qual a diferença entre performance e desempenho no mundo corporativo? O significado de desempenho, segundo o dicionário Aurélio, é o “ato ou efeito de desempenhar; cumprimento, exercício, execução: desempenho de uma atividade remunerada”. Já performance significa o “resultado obtido, em cada uma de suas exibições em público, por um cavalo de corrida, por um atleta etc.; conjunto dos resultados obtidos em um teste; proeza esportiva”.

    Com esses significados, entendemos que desempenho é a execução, o cumprimento das atividades, e performance é o resultado do cumprimento da atividade. Mesmo consideradas sinônimos, no mundo corporativo elas possuem sentidos diferentes, principalmente para os profissionais de Recursos Humanos. Nesse caso, desempenho é a comparação entre o resultado desejado e o legitimado em relação ao passado, e é estático. Quando esse conceito é aplicado à performance, ele é dinâmico e em relação ao futuro.

    Como é feita a medição da perf

    Leia mais »
  4. As 3 coisas que os recrutadores mais olham no seu currículo

    As 3 coisas que os recrutadores mais olham no seu currículo

    Ao abrir um processo seletivo, os recrutadores recebem muitos currículos de candidatos que estão interessados na nova oportunidade. No entanto, em meio a tantos profissionais, é sempre fundamental entender quais são as informações que chamam a atenção dos analistas e ajudam você a fisgar o seu futuro empregador. Neste texto, você confere quais são as três coisas que mais chamam a atenção em um currículo. Acompanhe!

    Informações-chave devem estar sempre claras

    O site Love Mondays, portal que traz avaliações de empresas e vagas de emprego, pontua que a prévia de um currículo dura cerca de 30 segundos. Isso significa que, em um momento inicial, o recrutador terá pouco tempo para identificar se o seu currículo merece ser analisado com calma. Portanto, as suas informações mais importantes devem ser facilmente identificadas.

    Na hora de elaborar o documento, lembre-se de dar destaque à sua ocupação atual, mantendo o cargo e a empresa na qual

    Leia mais »
  5. Júnior, pleno ou sênior? Qual a diferença?

    Júnior, pleno ou sênior? Qual a diferença?

    Os termos júnior, pleno e sênior são denominações para cargos no mercado de trabalho. Eles estão relacionados com o tempo de experiência do profissional, seu conhecimento da área e sua capacidade de assumir responsabilidades. Outros critérios podem ser adotados por cada empresa e moldar as especificações da vaga. Porém, é possível explicar esses termos, já que eles seguem algumas definições gerais. Confira!

    Júnior

    Refere-se a alguém que está no início da carreira em uma determinada função, que pode ser recém-formado na faculdade ou ter acabado de mudar totalmente de área, por exemplo. Geralmente não exerce um trabalho muito específico e não participa decisivamente das decisões mais importantes da equipe. Considera-se pertencente a essa categoria quem está no mercado há 3 anos ou menos, no geral.

    O profissional júnior tem o conhecimento técnico, mas ainda não possui muita experiência. Por isso, ele precisa da supervisão dos seus gestores, r

    Leia mais »
  6. Projeto gratuito ajuda alunos a entrarem no mercado de trabalho e impacta 150 mil pessoas por ano

    Projeto gratuito ajuda alunos a entrarem no mercado de trabalho e impacta 150 mil pessoas por ano

    Uma informação no currículo, a postura correta na entrevista de emprego, um deslize em alguma etapa do processo seletivo de uma empresa. Hoje em dia, além de exigir grande experiência dos candidatos, as companhias também se apegam aos detalhes para escolher um novo colaborador. E é justamente buscando dar orientações sobre como melhor se preparar na busca por uma vaga que a Microlins, uma das maiores redes de franquias profissionalizantes do país, fomenta há anos o chamado “Programa de Desenvolvimento Profissional”, um projeto de sucesso que dá o suporte ideal para auxiliar o aluno não apenas a entrar no mercado de trabalho, mas também a permanecer nele.

    Com mais de 15 anos de operação, o programa é gratuito e tem a força anual de impactar cerca de 150 mil pessoas, sendo 15 mil dessas com oportunidade de se beneficiarem diretamente. Qualquer aluno da rede pode ter acesso ao Programa. “O que a escola faz é algo complementar às aulas que ela oferece

    Leia mais »
  7. Quais são as áreas mais flexíveis do mercado de trabalho?

    Quais são as áreas mais flexíveis do mercado de trabalho?

    Realizar a mesma função por anos seguidos pode não ser algo animador para muita gente. Há pessoas que acham pior ainda se for necessário cumprir o expediente das 9 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, dentro de um escritório fechado. Quem se identifica com esses sentimentos possui a possibilidade de seguir uma carreira mais flexível, tanto em relação aos hábitos de trabalho quanto no que se refere às atividades exercidas.

    Um trabalho flexível pode ser caracterizado por áreas de conhecimento mais amplas, em que o profissional é capaz de realizar diversas funções. Os mesmos cursos e estudos o preparam para exercer cargos distintos dentro do mesmo setor. Além disso, também envolvem a flexibilidade de horários e de local de trabalho. Confira alguns exemplos de carreiras nesse sentido:

    Design freelancer

    Leia mais »
  8. Como lidar com os conflitos no ambiente de trabalho

    Como lidar com os conflitos no ambiente de trabalho

    Conflitos pelos mais variados motivos são comuns no ambiente de trabalho, visto que a convivência entre várias pessoas rende embates de ideias e de pontos de vistas. Enquanto contribuem para a melhora do nível do trabalho realizado, as discussões são positivas e devem ser incentivadas. Porém, quando a questão sai da alçada profissional e se transforma em um problema de relacionamento, é preciso agir com mais atenção, seja você gestor, seja você um funcionário envolvido diretamente no conflito.

    Enquanto gestor

    Primeiro você precisa mensurar o conflito. Se nas reuniões estratégicas ou durante a realização de projetos sua equipe apresenta um intenso debate de ideias, está tudo bem, contanto que as discussões não assumam um tom acalorado e desrespeitoso. Caso isso aconteça, procure esfriar os ânimos e dar um tempo para que ambas as partes se acalmem, e só depois retome as conversas.

    Agora, se chegar até você um conflito que ocorreu longe dos seus

    Leia mais »
  9. As 4 técnicas mais utilizadas por recrutadores em entrevistas de emprego

    As 4 técnicas mais utilizadas por recrutadores em entrevistas de emprego

    Você vai participar de uma seleção de emprego e já sabe como se destacar dos outros candidatos, como melhorar seu marketing pessoal e participar de uma dinâmica de grupo. Mas e na entrevista, como saber quais técnicas o recrutador irá utilizar para se sair bem e conquistar a vaga dos seus sonhos? Separamos as mais comuns que podem aparecer na sua seleção para que você consiga tirar de letra! Confira:

    Fazer perguntas sem respostas corretas

    O método brain teaser foi desenvolvido por empresas de tecnologia dos Estados Unidos. Nele, o recrutador faz perguntas com o objetivo de testar a sua criatividade e como você reagiria a diversas situações hipotéticas. Por exemplo, perguntas como “se você pudesse juntar dois estados brasileiros, quais seriam e por quê?” testam sua capacidade de reagir a situaçõe

    Leia mais »
  10. Entenda como é possível conseguir um bom emprego antes da faculdade

    Entenda como é possível conseguir um bom emprego antes da faculdade

    A procura pelo primeiro emprego antes da faculdade vem se intensificando. é comum que alguns jovens queiram trabalhar antes de ingressar em um curso superior, e a melhor oportunidade de adquirir experiência é por meio do primeiro emprego, independentemente do nível de instrução. Se você está à procura de um, confira aqui como entender e participar dessa fase na sua vida profissional!

    Interesse e esforço

    é claro que a experiência é um diferencial para a maioria das empresas, mas muitas vezes, demonstrar interesse e esforço podem ser um grande diferencial nesses momentos. Quando uma empresa enxerga essas características em você, ela também entende que você pode dar conta do serviço.

    Há também aquelas empresas que optam por pessoas sem experiência, para que se moldem às expectativas e necessidades do cargo, o que aumenta as chances de você ingressar cedo no mercado. O primeiro emprego envolve diversas questões, mas acima de tudo, estar disposto

    Leia mais »
Página