:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

26 de julho de 2017 • 14h11 • atualizada 10 de agosto de 2017
5 possíveis temas da redação do Enem 2017

5 possíveis temas da redação do Enem 2017

Enem

Ela é uma das partes mais importantes do Enem e, por esse motivo, consegue deixar qualquer estudante preocupado todos os anos: a redação. Ela normalmente traz temas sobre problemas que enxergarmos todos os dias, relacionados a questões sociais ou assuntos que acabaram se tornando polêmicos durante todo o ano. Mas não tem jeito mesmo: só é possível saber o tema no dia da prova.

O Enem sofreu diversas alterações no ano de 2017, mas a redação é uma das partes da prova que se mantiveram iguais. E para que você consiga ter uma ideia do que pode ser cobrado este ano, a Microlins trouxe alguns temas para você já se preparar. Confira:

Mobilidade urbana

Esse tema pode ser escolhido pelo fato de afetar todo brasileiro, principalmente em cidades maiores. De 2002 a 2012, o número de veículos aumentou em 140%. O problema é que as vias não aumentaram proporcionalmente, o que vem causando cada vez mais problemas no dia a dia das pessoas. Com isso, o país vem enfrentando dificuldades para encontrar soluções em relação aos transportes públicos e privados, além de como frear o aumento de pedestres nas áreas centrais das cidades.

Os problemas mais preocupantes são a falta de planejamento e infraestrutura que causam os constantes engarrafamentos, poucas linhas de ônibus ou veículos sucateados, fiscalização precária e falta de incentivo e investimento em transportes alternativos, como as bicicletas. As soluções que podem ser apresentadas são a otimização e redução das tarifas dos transportes públicos, além do desenvolvimento de ruas e ciclovias.

Homofobia no Brasil

O Brasil é o lugar em que mais se mata pessoas LGBTT no mundo. A cada um dia e meio, um gay é assassinado no Brasil. De todos os casos de homofobia letal no mundo em 2012, 44% deles aconteceram no Brasil. Mas apesar destes dados alarmantes, uma parte conservadora da população acredita que esse assunto não deve ser discutido. Um ponto relevante de argumentação é que os ataques são feitos a essas pessoas justamente pela orientação sexual delas.

As soluções que podem ser apresentadas são a intensificação das investigações dos crimes por parte do governo, a inclusão de debates sobre as modificações sociais e a diminuição da influência das religiões em questões de igualdade previstas pela Constituição Federal.

Liberdade de expressão no ambiente virtual

Com a abrangência da internet por todo o país, cresceu também os número de casos que envolvem declarações discriminatórias de racismo, homofobia e xenofobia, principalmente. E a internet faz com que essas formas de intimidação sejam mais difíceis de serem identificadas, já que a maioria dos agressores permanecem anônimos. Em muitos casos, estas injúrias também não são denunciadas, fazendo com que o agressor não seja sequer punido.

O cyberbullying, denominação das agressões quando são feitas na internet, tornou-se um problema tecnológico de difícil controle em todo o mundo. As soluções que podem ser apresentadas são a conscientização no ambiente familiar e escolar, além do estímulo às denúncias.

Direitos e inclusão social de idosos

O Brasil está envelhecendo. Entre 2005 e 2015, a proporção de pessoas com mais de 60 anos de idade cresceu em velocidade superior à da média mundial, indo de 9,8% para 14,3%. Isso quer dizer que essa maior participação idosa terá cada vez mais impacto em políticas públicas de saúde, assistência social e Previdência Social, que também foi um tema recorrente este ano, por ter sofrido mudanças pelo governo.

Esse tema pode ser tratado de diversas maneiras, como o abandono do idoso, o olhar especial que a sociedade deve ter para estas pessoas, a inclusão no mercado de trabalho, as reformas de aposentadoria, a saúde e outras questões mais abrangentes.

Prevenção de suicídio na juventude

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o suicídio é responsável por uma morte a cada 40 segundos no mundo. Segundo dados da ONU, mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos, sendo a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos no mundo. Uma das causas mais preocupantes deste número é o aumento da depressão entre os jovens.

Este ano, a Organização Mundial da Saúde deu início a uma campanha sobre depressão intitulada “Let’s Talk”, reforçando o quanto é importante tratar essa doença. Por esse motivo, na vertente de saúde, esse é um tema que está em alta e pode ser abordado.

Os temas das redações do Enem só são divulgados no dia da prova, mas é muito importante que você consiga argumentar com confiança. Por isso, leia, esteja sempre atualizado sobre os assuntos em alta e forme opiniões críticas a respeito deles. Boa sorte!

Veja também 12 Dicas para fazer uma excelente redação

Veja também Como criar seu planejamento de estudos para o Enem

Veja também É possível calcular a nota do Enem?

Venha para a Microlins!

Quer garantir um desempenho fantástico no Enem? Confira o curso preparatório para o Enem na Microlins e aumente ainda mais suas chances de entrar no ensino superior!

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP
Move Edu
Move Edu