:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

08 de maio de 2018 • 18h12 • atualizada 08 de maio de 2018
6 técnicas para aprender mais rápido

6 técnicas para aprender mais rápido

Estudos

Assim como costumamos ir para a academia e treinar para fortalecer nossos músculos, o cérebro também precisa ser estimulado para otimizar a capacidade de aprendizagem. Se você está sentindo que o momento de estudo está lento e gostaria de acelerar esse processo, você está no lugar certo. A Microlins criou este post com 6 técnicas para você treinar seu cérebro e aprender mais rápido e de forma inteligente. Veja como abaixo:

Utilize um cronômetro

A Técnica de Pomodoro é um método eficaz de manter a concentração na hora de estudar, por criar intervalos curtos e intensos (apenas vinte e cinco minutos) de dedicação. Nesse tempo, dedique-se exclusivamente ao que você está estudando e quando terminar, use alguma recompensa para você mesmo. Essa rotina seguida de uma recompensa vai fazer com que seu cérebro entenda que vai ganhar algum prêmio, fazendo com que você se concentre cada vez mais.

Separe a informação em blocos

A melhor maneira de aprender algo é separando o assunto em pequenos blocos de informação, do seu conceito básico até alguns exemplos práticos. Esses pequenos blocos são importantes por diminuírem a ansiedade e a sensação de não estar aprendendo. Isso porque estudando essa informação em pequenas quantidades será mais rápido e fácil de entender o conteúdo.

Estude em dias diferentes

Apesar da impressão que temos de que estudar algo durante horas em um dia é a melhor maneira de aprender, o ideal é estudar a mesma coisa depois de um período de 24 horas. Isso acontece porque nosso cérebro grava esse conteúdo na memória de curto prazo, e quanto mais você revisita um assunto, maior será a chance de ele ser armazenado na memória de longo prazo.

Faça ligações

Outro ponto a ser considerado para gravar uma nova informação é relacionar o que você está estudando a algo que você já conhece – se você estudou e compreende bem a Segunda Guerra Mundial, entenderá mais rapidamente a Guerra Fria, por exemplo. Isso porque a similaridade entre os assuntos servirá como uma ponte para o cérebro. Caso não se lembre de algo, pesquise em livros e na internet ou pergunte a algum amigo se ele se recorda de algo referente ao assunto para poder criar essa ligação.

Escreva no papel

Esqueça os eletrônicos: você vai conseguir memorizar mais rápido se escrever com lápis ou caneta. Isso porque escrever estimula as células na base do nosso cérebro, denominado sistema reticular ativador. Esse sistema é o responsável por filtrar todo tipo de informação processada pelo cérebro, dando prioridade ao que mais é focado no momento.

Além disso, escrever é um processo lento que te faz prestar mais atenção no assunto, compreender tudo naquele instante e transcrever as informações para o papel, fazendo com que você assimile mais facilmente todo o conteúdo.

Não deixe de descansar

Quando você dorme, seu cérebro consegue eliminar toxinas que se acumularam em seu corpo durante aquele dia, além de organizar a bagunça deixada em sua memória de curto prazo e gravar o novo conhecimento. Por isso, descanse.

Achou que nossas dicas foram úteis para você e quer mais? No nosso blog temos um post sobre como aumentar a concentração nos estudos. Confira!

Capacite-se na Microlins!

A Microlins ajuda você a se tornar um profissional completo e pronto para atuar no mercado. Conheça os cursos da Microlins e inicie agora sua jornada rumo ao sucesso. Não perca tempo, estamos esperando por você!

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu