:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

21 de dezembro de 2017 • 15h55 • atualizada 22 de dezembro de 2017
A evolução dos videogames

A evolução dos videogames

Games

Independentemente da sua idade, se você é apaixonado por games, sabe como eles estão cada vez mais tecnológicos, com gráficos sofisticados e histórias mais elaboradas. Mas como os videogames evoluíram tão rápido? Hoje a Microlins vai contar um pouco da história de como os jogos e consoles se transformaram ao longo do tempo. Confira:

O início

A primeira teoria conta que, em 1962, Slug Russel, Wayne Witanen e Martin Graetz, estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, criaram o SpaceWar, um jogo de batalha espacial que rodava apenas nos computadores DEC PDP-1.

Contudo, outros historiadores dizem que o primeiro registro dos jogos foi quatro anos antes, em 1958, quando o físico Willy Higinbotham criou um joguinho de tênis mostrado em um osciloscópio (um instrumento de medida de sinais elétricos que apresenta gráficos bidimensionais) e processado por um computador analógico.

1968 - O videogame conectado pela televisão

Independente do registro do primeiro jogo, essa história fica ainda mais importante em 1968, quando Ralph Baer criou o Brown Box, um aparelho que transmitia jogos eletrônicos por meio da televisão. Ele foi um protótipo que rodava alguns jogos, mas nunca chegou a ser vendido de fato.

1972 – A comercialização do Odissey

Depois de modificarem algumas coisas no Brown Box, a Magnavox criou o Odissey, e tornou-se o primeiro console a ser vendido nos Estados Unidos. No Brasil, ele ficou famoso como Telejogo e só foi comercializado no final dos anos 70.

1978 – O fenômeno Atari

É em 1978 que surge um dos mais famosos consoles da história do videogame: o Atari 2600. O aparelho foi projetado por Nolan Bushnell e lançado primeiramente nos Estados Unidos. Em 1983, foi a vez dos brasileiros se renderem a esse sucesso de vendas. O problema é que a marca passou por sérios problemas financeiros e deu espaço a outros gigantes da tecnologia.

1983 – A chegada da Nintendo

A japonesa Nintendo abriu caminho com o console Famicom, de 8 bits, que também foi chamado de NES (Nintendo Entertainment System) e tinha jogos como Mario e Donkey Kong.

Década de 80 – O Master System

Quem se lembra do Master System? Foi no período de 1981 a 1985 que a SEGA, empresa japonesa, lançou as versões I, II e III do videogame. No entanto, mesmo com tanta modernidade, havia dificuldade em superar a Nintendo. E em 1989, ela lançou um videogame chamado Genesis, também conhecido como Mega Drive.

Década de 90 – Mario ou Sonic?

E se a SEGA queria disputa com o seu Mega Drive (que teve Sonic como o game mais conhecido), a Nintendo não ficou para trás com o famoso Mario e lançou o que chamamos de um dos maiores sucessos da história, o Super NES.

A partir de 1994 – Sony e o seu Playstation

A gigante em eletrônicos Sony resolveu entrar na disputa de videogames que já estava bem acirrada e lançou o Playstation, que logo se tornou líder de vendas com cerca 100 milhões vendidos e mostrando que não era páreo para a SEGA, com o Saturn, e para a Nintendo, com o N64.

Já em 2000, a Sony continuou com o seu bem-sucedido Playstation e lançou a versão 2, que passou a ter mídias em formato DVD. A Nintendo, por sua vez, trouxe o GameCube, que sucedeu o N64, além também da entrada da Microsoft no mercado, com o famoso Xbox.

Daí em diante vieram outros lançamentos que já conhecemos, como o Playstation 3, o Playstation 4, o Wii U, o Xbox One, além, é claro, do Nintendo Switch e do mais recente Xbox One X. Legal, não é? Se você ama tudo relacionado a videogames, faça o teste e descubra que tipo de gamer você é.

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu