:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

22 de dezembro de 2017 • 15h13 • atualizada 22 de dezembro de 2017
Dicas de como negociar seu salário

Dicas de como negociar seu salário

Mercado de Trabalho

Uma conversa que envolva salário sempre deixa qualquer pessoa ansiosa. Não é para menos: para que ambas as partes entrem em um acordo, é necessário muita negociação, paciência e argumentos que convençam tanto funcionário quanto empresa.

Porém, como essa conversa pode gerar algum atrito, a Microlins quer te ajudar! Para que você consiga reunir fundamentos necessários para negociar seu salário sem dificuldades, confira nossas dicas:

Primeiro, por que negociar o seu salário?

Você pode negociar seu salário tanto  ao disputar uma vaga quanto em uma empresa em que já esteja trabalhando. Em ambas as situações, existem alguns quesitos importantes que você deve considerar antes de pensar nessa possibilidade.

Como negociar seu salário antes da contratação

Existem vagas de emprego que pedem sua pretensão salarial assim que você envia o currículo. Outras já apresentam o quanto eles podem pagar e ainda existem aquelas que deixam tudo em aberto, não especificando os valores.

É importante que você faça uma pesquisa sobre o cargo que está sendo oferecido e a média salarial dele na sua região. Avalie sua experiência na função, os seus diferenciais que podem ser essenciais para o crescimento da empresa e até o cenário atual de economia do país. É importante que você seja transparente e honesto ao fazer essa autoavaliação.

Considere também se você tem todos os requisitos básicos que a vaga exige antes de pensar em negociar o salário. Se você perceber que não tem o nível de inglês exigido ou conhecimentos em Excel suficientes para o cargo, não perca mais tempo e conheça os cursos da Microlins.

Se ainda assim achar que vale a pena tentar uma negociação, deixe sempre para quando o trabalho for oferecido para você, depois que seus conhecimentos técnicos já foram avaliados na entrevista e você já fez seu marketing pessoal. Se o recrutador não tocar no assunto, diga que gostaria de analisar o quanto a empresa está querendo oferecer e inicie a negociação.

Como negociar seu salário depois que já está empregado

É um pouco mais fácil analisar os motivos pelos quais você merece uma renegociação salarial quando você já está empregado. Isso porque você já tem noção do seu próprio desempenho, das funções que está desempenhando e do cenário econômico em que a empresa se situa no momento.

Analise se você desempenha as mesmas funções que estavam especificadas na vaga de quando foi contratado. Se você está fazendo mais atividades do que normalmente fazia, tem mais responsabilidades, mais metas e está cumprindo tudo com muito empenho, pode ser que esses argumentos convençam seu chefe. Mas fique atento ao tempo em que você está na empresa: se você assumiu a função há pouco tempo, espere.

Uma dica importante é esperar o momento certo para pedir uma renegociação salarial. Não é uma boa ideia conversar com seu chefe em um momento de crise na empresa ou usar argumentos pessoais (como comprar um carro novo, por exemplo) para tentar conseguir um valor maior. Seja profissional e garanta que o retorno de seu trabalho será condizente com o que você está pedindo.

E aí, gostou das nossas dicas? Esperamos que você esteja preparado para conseguir negociar seu salário com sucesso! Não perca nossos conteúdos sobre mercado de trabalho e entrevista de emprego e fique por dentro das dicas da Microlins.

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu