:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

05 de setembro de 2017 • 16h15 • atualizada 06 de setembro de 2017
Linha do tempo: a evolução dos celulares

Linha do tempo: a evolução dos celulares

Tecnologia

Se você não está usando seu celular para ler este post, ele provavelmente está próximo a você, não é mesmo? É inegável a diferença que esses aparelhos fizeram e continuam fazendo na nossa vida. Eles estão presentes no nosso dia e contribuem em diversas tarefas, desde atividades simples como o despertador, até nos conectar com outras partes do mundo em questão de segundos.

Mas no início, quando ele foi criado, sua única função era realizar ligações. Aos poucos, ele foi ganhando funcionalidades e se modernizando para atender às necessidades da época. No post de hoje, a Microlins traça uma linha do tempo dos maiores marcos da história dos celulares.

1983 - O primeiro telefone móvel chega ao mercado

Em 1983, dez anos depois do primeiro teste realizado com um aparelho móvel, a novidade chegou ao mercado. Produzido pela Motorola, o DynaTAC 8000x era um equipamento grande que pesava quase 800 gramas e tinha 33 centímetros de altura. Embora a tela fosse de LED, só era exibida uma linha de texto.

A autonomia da bateria era baixíssima, já que durava apenas uma hora de conversação, e ele era capaz de gravar apenas 30 números de telefones. O preço de venda no lançamento foi de quase 4 mil dólares.

1989 - Os aparelhos diminuíram e ganharam o flip

Foto: reprodução Globo.com

Seis anos após o lançamento do primeiro DynaTAC, em 1989, uma versão menor do aparelho chegou às lojas. Com 11 centímetros a menos e metade do peso, o MicroTAC 9800X trazia um design inovador com a frente de flip, que consistia em uma tampa que abre e fecha sobre o teclado. Ele foi lançado com a proposta de ser um “telefone de bolso”, para ser carregado para os lugares de um jeito mais prático que o anterior.

1994 – As telas passaram a ser sensíveis ao toque

Foto: reprodução Globo.com

Considerado o primeiro smartphone do mundo, por ter mais funcionalidades que os demais celulares, o IBM Simon passou a ser comercializado em agosto de 1994. Ele contava com uma tecnologia muito comum hoje, mas inovadora para a época: as telas touch screen.

Além disso, ele apresentava ferramentas como calendário, calculadora e bloco de notas. Mas tanta novidade não conquistou o público da época, e o aparelho, que custava 700 dólares, vendeu poucas unidades e logo foi retirado do mercado.

1996 – Os primeiros passos para o acesso à internet

Foto: Ostranitsa Stanislav - Shutterstock.com

O Nokia 9000 Communicator foi o primeiro celular comercializado a acessar a internet. Entretanto, apenas duas operadoras da Finlândia viabilizavam essa conexão. Visualmente, ele dava a ideia de um celular comum, mas tratava-se de um modelo flip com teclado QWERTY, tela larga na horizontal e botões extras para ajudar na navegação. Entretanto, a dificuldade de acesso e custo fez com que a conectividade fosse deixada de lado.

1998 – Um pouco de cor para os aparelhos

Foto: reprodução Tecmundo.com.br

O S10 foi o modelo lançado pela Siemens que revolucionou os celulares, trazendo diferentes cores para a tela. Embora fossem apenas quatro (azul, branco, verde e vermelho), essa tecnologia foi vista como uma grande inovação. Dois anos depois, a Nokia lançou o 9210, com um LCD de 4.096 cores.
 

2001 – Um novo recurso: a câmera

Foto: reprodução Tecmundo.com.br

O J-SH04 da Sharp chegou às lojas para revolucionar o mercado em 2001. Ele trazia uma inovação que é essencial até nos dias de hoje: o celular com câmera fotográfica. Ele permitia tirar fotos de 0,1 megapixel e enviá-las para outras pessoas diretamente do aparelho. Pouco tempo antes, a Samsung também lançou um celular que possuía câmera acoplada, mas pela falta de conectividade entre ela e o aparelho, não impactou tanto quanto o J-SH04.

2007 – Uma maçã tomou conta do mercado de celulares

Foto: cristo95 - Shutterstock.com

Durante um evento da Apple, em janeiro de 2007, as pessoas conheceram o aparelho que revolucionou o mercado de dispositivos móveis: o iPhone 2G. Poucos meses depois do lançamento, mais de 1 milhão de unidades já tinham sido vendidas.

O iPhone 2G trouxe ao mercado um grande diferencial: os teclados físicos foram substituídos pela versão na tela, que era sensível ao toque. Ele contava com a primeira versão do sistema operacional iOS, desenvolvido especificamente para o produto. Com ele, surgiram também os aplicativos, incialmente vindos apenas de fábrica, e depois comprados pela loja virtual, a App Store.

2008 – O robozinho que ganhou o mundo

Foto: reprodução Tecmundo.com.br

Em setembro de 2008, o T-Mobile G1 trazia uma inovação: o sistema operacional desenvolvido pela Google, chamado de Android, que iria competir, posteriormente, com o sistema iOS da Apple. Ele trouxe consigo o Android Market, a loja de aplicativos da marca conhecida hoje como Google Play.

No ano seguinte, a terceira versão foi lançada e deu início ao hábito da marca de batizar o sistema com apelidos relacionados a sobremesas. O primeiro foi denominado Cupcake. O Android foi ganhando espaço e, atualmente, mais de 90% dos smartphones vendidos rodam este sistema operacional.

2011 – Conhecendo os assistentes pessoais

Lançada há 6 anos, a Siri, primeiro assistente pessoal de voz, marcou a evolução no relacionamento entre as pessoas e a tecnologia. Criada para controlar o smartphone apenas com a fala, esses serviços ganharam uma função extra: a de amiga virtual para o usuário.

Atualmente, além dos usuários de iOS, que contam com a Siri, os de Android também podem dar os comandos de voz para o Google Assistente. Outras marcas também estão lançando suas próprias versões, como o Bixby, da Samsung, e a Alexa, da Amazon.

E pensar que há pouco mais de três décadas não era possível imaginar tudo o que um celular poderia fazer, não é mesmo? Mas o mundo tecnológico não para e estamos sempre aprendendo coisas novas. Se você se interessa por tecnologias, faça o teste para provar se você realmente sabe tudo sobre o assunto.

Capacite-se na Microlins!

Quer trilhar uma carreira de sucesso trabalhando com tecnologia? Conheça as opções de cursos que a Microlins oferece na área e conquiste o emprego que você sonha.

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu