:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

17 de setembro de 2019 • 17h38 • atualizada 17 de setembro de 2019
Mundo corporativo: qual a diferença entre performance e desempenho?

Mundo corporativo: qual a diferença entre performance e desempenho?

Mercado de Trabalho

Você sabe qual a diferença entre performance e desempenho no mundo corporativo? O significado de desempenho, segundo o dicionário Aurélio, é o “ato ou efeito de desempenhar; cumprimento, exercício, execução: desempenho de uma atividade remunerada”. Já performance significa o “resultado obtido, em cada uma de suas exibições em público, por um cavalo de corrida, por um atleta etc.; conjunto dos resultados obtidos em um teste; proeza esportiva”.

Com esses significados, entendemos que desempenho é a execução, o cumprimento das atividades, e performance é o resultado do cumprimento da atividade. Mesmo consideradas sinônimos, no mundo corporativo elas possuem sentidos diferentes, principalmente para os profissionais de Recursos Humanos. Nesse caso, desempenho é a comparação entre o resultado desejado e o legitimado em relação ao passado, e é estático. Quando esse conceito é aplicado à performance, ele é dinâmico e em relação ao futuro. 

Como é feita a medição da performance e do desempenho?

A palavra “desempenho” é o que se considera para dar feedback, é relacionada com avaliação. Quando esse processo é finalizado, começa a análise da performance. Realizar a avaliação do desempenho é dar chance para o profissional mudar. Na análise de performance, o funcionário tem o momento de ser premiado ou punido. O profissional deve aceitar críticas para melhorar a análise do seu desempenho. Já sobre a performance, ele deve saber que será medido, por meio de tabelas e algarismos. Assim, objetivos e expectativas devem ser estabelecidos, e depois é feita a medição de seu progresso.

A medição é feita a partir da análise do que se entrega, e não do que se faz, focando no resultado, e não no processo. Em seguida, tudo é traduzido em números; mas, para a relação do trabalho não se tornar menos humana, é importante o profissional de RH se aproximar mais dos membros de sua equipe para reconhecer a performance e o desempenho. 

Dicas para melhorar a performance e o desempenho

Redefina sua lista de afazeres: examine as tarefas que você criou e elimine as que não são importantes ou urgentes. Organize-as em calendários e defina prazos para cada uma.

Evite reuniões desnecessárias: analise as reuniões para que você foi chamado e separe as mais importantes das que você não precisa comparecer. Se você convocou a reunião, faça-a o mais breve possível e somente sobre o que for necessário.

Tenha um hobby: faça alguma coisa divertida no seu tempo livre, como ler ou jogar algo. Assim você volta ao trabalho mais relaxado e produtivo. 

Não seja muito perfeccionista: fazer muitas mudanças em um projeto pode afetar a produtividade de toda a equipe, por isso não há necessidade de buscar a perfeição em excesso. Faça o suficiente para que o trabalho seja realizado dentro do prazo e cumpra seus objetivos!

Antecipe seu horário: se você está com uma tarefa mais complicada, comece o trabalho um pouco antes do seu horário normal. Caso tenha que levar um pouco de trabalho para casa, pode ser uma maneira eficiente de produzir mais, mas sem excessos! 

Evite distrações on-line: tenha autocontrole e deixe a diversão da internet para outro momento. Hoje em dia, existem aplicativos que ajudam a manter o foco no trabalho. 

Estabeleça um horário para ler e-mails: dedique um período para ler os seus e-mails e divulgue para todas as pessoas que se comunicam com você por meio dessa ferramenta. Filtrar as mensagens e eliminar as inúteis também é uma ótima estratégia!

Faça intervalos: faça pausas e intervalos regularmente. Levantar e sair da frente do computador por um tempo é muito bom para deixar o seu corpo e a sua mente revigorados. 

Os resultados

As empresas costumam valorizar a performance atual de seus projetos e, ao analisá-los, tendem a compreender esses resultados como o desempenho que será obtido também nos trabalhos do futuro. Assim, cria-se a percepção de que as avaliações das atividades mais recentes continuarão semelhantes aos resultados antigos. Consequentemente, o desempenho de um projeto atual pode ser comprometido, e o funcionário pode não receber o feedback adequado, já que continuará à sombra de seus antigos resultados – sejam eles positivos ou não. 

Por isso, implementar um sistema de gestão de qualidade é uma alternativa significativa para gerar dados e indicadores de desempenho seguros, confiáveis e coesos. Quando analisadas, tais informações podem ser de grande valia para a definição de novas estratégias e alternativas capazes de aumentar a produtividade e alavancar o crescimento da empresa. 

Gostou desse conteúdo para melhorar sua performance e seu desempenho? Confira outros sobre mercado de trabalho no nosso blog:

Como ter um bom desempenho sob pressão

Habilidades interpessoais: 4 coisas que você precisa saber

Capacite-se na Microlins!

Conhecimento transforma o mundo! Os cursos da Microlins ajudam a impulsionar seu futuro de sucesso. Procure a unidade mais próxima e prepare-se para ir além.

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu