:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

04 de novembro de 2014 • 11h04 • atualizada 18 de julho de 2016
7 dicas para montar um bom currículo

7 dicas para montar um bom currículo

Mercado de Trabalho

Se você está em busca de um trabalho e não tem retorno das vagas às quais se candidata, pode ser que o seu currículo não esteja atraindo a atenção dos recrutadores, ou mesmo que esteja mal elaborado. Se for esse o caso, a possibilidade de ser chamado para uma entrevista é reduzida. Afinal, o currículo é a primeira impressão da empresa sobre você.

Para sua imagem ser a melhor possível em seu CV, a vice-presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH Nacional), Elaine Saad, dá as dicas abaixo.
 

1. Defina seu objetivo

Esta pergunta responde à pergunta do recrutador: “o que você quer ao enviar seu currículo?”. Por isso, mande seu CV às vagas nas quais você realmente quer atuar e mencione essa função no tópico “objetivo” – que deve ser o primeiro item após suas informações pessoais.
 

2. Justifique o objetivo no restante do currículo

É claro que você não deve mentir, mas pode omitir funções nas quais atuou e não têm relação com a vaga. Por exemplo, se você mencionar que pretende trabalhar como técnico de informática e trabalhou há alguns anos como garçom, não há necessidade de informar este emprego; cite apenas as experiências e cursos em informática.

3. Mostre seus resultados e não apenas funções

Durante as descrições de empregos anteriores, descreva como você contribuiu naquelas posições e quais resultados as empresas obtiveram em projetos nos quais participou. Entretanto, se foi promovido em um cargo, enfatize isso, pois as promoções são as melhores referências de que você foi um colaborador excelente.
 

4. Seja objetivo

Seu currículo não deve ser muito extenso, portanto seja sucinto. Você pode utilizar verbos como: administrei, organizei, planejei, etc. Apenas tenha cuidado com o excesso de “eu” e use “a equipe”, se possível, para dar a entender que você tem facilidade em trabalhar em grupo.
 

5. Revise mais de uma vez e tenha outras opiniões

Após montar seu CV, releia-o para encontrar possíveis erros. Dê um tempo (algumas horas ou mesmo um dia) e revise novamente. Você também pode enviar o arquivo para um amigo bom de português, para que ele reavalie sua escrita.
 

6. Tenha cuidados estéticos na hora de diagramar e imprimir

Se você não é designer e está se candidatando a uma vaga dessa área, na qual a criatividade e estética também contam no currículo, seja discreto. Para quaisquer outras áreas, é recomendável usar uma fonte padrão (Arial, Times New Roman ou Calibri, por exemplo), tamanho, 12 para dar boa leitura, e cor preta sempre – mesmo no título e nos tópicos. Utilize margens largas e evite espaçamento entre linhas muito estreito (1,25 e 1,5 são boas opções). Esses espaços permitem uma aparência mais “limpa”. Na hora de imprimir, utilize sulfite A4 de boa qualidade e invista na impressão – nada de usar impressora com tinta falhando!
 

7. Foto? Só se a empresa pedir

Para a maioria das vagas no mercado de trabalho, a foto não é um requisito. Envie currículo com foto apenas se a descrição da vaga pedir ou se em sua área a aparência é importante (exemplos: modelo, repórter ou apresentador de televisão, etc.).
 

Veja também:

Use o Linkedin e apareça para empresas

Dicas importantes para que você tenha um currículo bem escrito em inglês

Saiba o que não colocar em um currículo

Como fazer currículo para primeiro emprego

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP
Move Edu
Move Edu