:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

12 de outubro de 2017 • 14h23 • atualizada 16 de outubro de 2017
Como usar a função SE no Excel

Como usar a função SE no Excel

Excel

O Excel não seria o que é sem uma das mais importantes funcionalidades do software: a função SE.  Ela permite fazer comparações e usar lógica de programação para automatizar suas planilhas e facilitar ainda mais seu dia a dia. E usá-la é bem mais fácil do que parece, então vamos aprender!

O que é a função SE do Excel?

A função SE é uma função comparativa equivalente ao termo de programação “If”, e serve para estabelecer parâmetros lógicos entre valores. Vamos supor que nós queremos verificar se uma célula que contém o valor extra de um produto após a adição de juros ultrapassa determinado limite ou não. Para fazer isso, podemos dizer para o Excel as seguintes coisas:

SE o número contido na célula que contém o valor extra do produto após a adição de juros tiver um valor maior que R$200,00, escreva “Ultrapassa o valor máximo” nessa célula, senão, escreva “Não ultrapassa o valor máximo”.

Mas como fazer isso em uma sintaxe que o software entenderá?

A sintaxe da função SE no Excel

A função SE é escrita em 3 partes diferentes: o teste lógico, o valor de retorno verdadeiro e o valor de retorno falso. Elas se juntam em uma única expressão, veja:

=SE(teste lógico, valor de retorno verdadeiro, valor de retorno falso)

Nessa tabela, criaremos a função SE para verificar se o valor com juros passará de R$200,00 ou não. As células da coluna “Vale a pena?” farão essa leitura para nós, mas antes vamos entender um pouco melhor os itens que compõem a função SE.

Teste lógico

O teste lógico faz a verificação que você deseja automatizar usando expressões matemáticas. No caso do nosso exemplo anterior, devemos escrevê-lo na célula da seguinte forma:

=SE(D2>=200, valor de retorno verdadeiro, valor de retorno falso)

Os operadores de cálculo

Para fazer a expressão matemática do teste lógico, você poderá usar somente alguns operadores de cálculo. São eles:

Adição: +

Subtração: -

Multiplicação: *

Divisão: /

Exponenciação: ^

Menor do que: <

Maior do que: >

Igual: =

Maior ou igual: >=

Menor ou igual: <=

Diferente de: <>

Valor de retorno verdadeiro

O valor de retorno verdadeiro será o resultado da verificação, caso ela seja verdadeira. Em nosso caso, se a célula D2 tiver valor maior ou igual a 200. Para nossa expressão, faremos assim:

=SE(D2>=200, “Não”, valor de retorno falso)

Valor de retorno falso

O valor de retorno falso será o resultado da verificação, caso ela seja falsa. Em nosso caso, se a célula D2 não tiver um valor maior ou igual a 200. Para nossa expressão, faremos assim:

=SE(D2>=200, “Não”, “Sim”)

Colocando a função nas células

Para inserir a função nas células, você deverá acessar a aba “Fórmulas” e clicar no botão “Inserir função”.


 

Na janela aberta, procure pela função “SE”, selecione-a e clique em “OK”.


Escreva a expressão do teste lógico, o valor para retorno verdadeiro e o valor para retorno falso, e clique em “OK”.


 

Nossa planilha ficará assim:

Pronto! Viu só como é simples? Agora é só colocar essa função em prática e automatizar todas suas planilhas!

Venha para a Microlins!

Quer aprender ainda mais funcionalidades do Excel? Confira o curso de Excel avançado e esteja totalmente preparado para o mercado de trabalho!

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!
©Microlins Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu