:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

12 de dezembro de 2016 • 10h55 • atualizada 12 de dezembro de 2016
Como fazer um currículo quando não se tem experiência profissional?

Como fazer um currículo quando não se tem experiência profissional?

Mercado de Trabalho

O currículo é a sua primeira oportunidade para passar uma boa impressão. Além de estabelecer um primeiro contato entre você e os recrutadores, ele é uma chance de chamar a atenção de quem quer estar na frente em um processo seletivo. Então, o que fazer quando o candidato nunca trabalhou na sua área?

Toda carreira começa por algum lugar, e esse começo depende da sua capacidade de convencer que você merece ser contratado. Neste post, a Microlins vai dar dicas para quem está iniciando a trajetória profissional e busca aumentar as chances de começar com o pé direito.

Como fazer o currículo sem experiência profissional

Já que a experiência na área não será o ponto forte do seu currículo, a saída é equilibrar seu ‘valor agregado’ de outras formas. Lembre-se que o currículo é uma referência das suas capacidades, então você pode investir em aspectos como layout e informações adicionais que façam seu perfil se destacar.

Identifique suas habilidades e veja o que a empresa exige

Em primeiro lugar, identifique as características da empresa e veja o que pode ser útil na hora de ser avaliado. Nunca coloque que está disponível para qualquer vaga, sempre formate o currículo para o cargo que está disponível. Os currículos não são documentos padronizados, para cada empresa você pode incluir informações que sejam relevantes para a instituição e para a vaga disponível.

Por isso, pode ser interessante para a empresa que você possua características de um profissional multitarefa do que um especialista em algo que não será aproveitado naquele contexto. Inclua cursos que realizou na área, além de participação em seminários ou congressos. Utilize também seus interesses nesse contexto: se for uma empresa de computação, por exemplo, cite seus interesses por softwares e tecnologia.

Destaque sua formação acadêmica, cursos e interesses

Depois de ter traçado o perfil da empresa, coloque em destaque sua formação, a faculdade e o ano que completou ou completará o curso. Após a formação, cite seus atributos e conhecimentos específicos com palavras-chave que são de interesse da vaga. Isso demonstra que você conhece sobre os assuntos que a vaga exige e pode ser capaz de executá-los sem problemas.

Trabalhe o modelo do currículo para torná-lo criativo

Apesar de ser possível encontrar vários modelos de currículos disponíveis na internet, eles não são uma boa saída. Currículos muito pesados, com fontes extravagantes ou mesmo informações demais são facilmente descartados pelos recrutadores. O ideal é apresentar um documento limpo, claro e fácil de ler. E lembre-se: para quem não tem experiência, uma página com suas informações é suficiente.

Comente suas experiências de vida e habilidades

Diga se fez ações de voluntariado, envolvimento em programas sociais ou participação em atividades esportivas. Este tipo de informações pode ajudar o recrutador a ter uma boa impressão sobre você e os valores nos quais acredita. É interessante também mostrar suas habilidades em informática, como programas e internet, além dos conhecimentos em inglês. Estas características são uma forma de o recrutador conhecer melhor e entender se você tem o perfil da instituição.

Capacite-se na Microlins!

A Microlins ajuda você a se tornar um profissional completo e pronto para atuar no mercado. Conheça os cursos que a Microlins oferece e inicie agora sua jornada rumo ao sucesso. Não perca mais tempo, estamos esperando por você!

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!

NEWSLETTER

Cadastre-se e recebar novidades, promoções e muito mais
©Microlins Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning