:) BLOG

FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA MICROLINS E PELO MUNDO

06 de julho de 2017 • 10h23 • atualizada 06 de julho de 2017
Aluno Vencedor Microlins: conheça a história de Gustavo Fernandes

Aluno Vencedor Microlins: conheça a história de Gustavo Fernandes

Microlins

“Logo eu? Um cara tímido pra caramba comandando uma sala de aula?”, brinca Gustavo Fernandes, da cidade de Timbaúba, em Pernambuco, que jamais imaginou que ser professor acabaria se tornando a sua profissão. De aluno tímido e de pouca conversa para um educador que transforma a história de seus alunos diariamente, a trajetória dele na Microlins é marcada pela superação.

A história de Gustavo começa com as conversas com o seu avô, que tinha o sonho de ver o neto trabalhando com o que sempre o atraiu, a tecnologia. “Meu avô e eu sempre fomos muito ligados. Ele me incentivava muito e o sonho dele era me ver no mercado de trabalho fazendo o que gosto, principalmente na área de tecnologia. Ele via o meu interesse”, conta.

Com o incentivo da família, ele se matriculou na unidade Timbaúba da Microlins assim que finalizou o ensino médio, em 2011: “a informática sempre me atraiu desde pequeno, mas senti que precisava ter um certificado. Me matriculei em Informática Essencial, pois além de me especializar na área, queria me preparar para o mercado de trabalho, já que tinha concluído meus estudos e precisava encontrar um emprego”.

Mas não foi só o seu conhecimento em informática que mudou com a qualificação. Gustavo sempre foi tímido, calado e nunca gostou de falar em público, mas a atmosfera de aprendizado da Microlins fez toda a diferença na forma como ele encarou o curso: “assim que iniciei o curso, tudo mudou. Me surpreendi comigo mesmo em sala de aula. Eu estava tão envolvido que muitas vezes deixava a timidez de lado e chegava a ajudar o professor com algumas explicações. Falar para uma turma inteira era algo que eu nunca havia imaginado fazer”.

Logo após a conclusão do curso, Gustavo passou por um período complicado: seu avô, o seu maior incentivador, acabou falecendo e a motivação que ele havia encontrado para investir na própria carreira foi bastante abalada. Ele chegou a se afastar dos estudos por um tempo, mas um convite inesperado o faria repensar sobre o seu papel em sala de aula: “enquanto estava no curso, eu sempre ajudava o professor a organizar a sala e ao mesmo tempo aproveitava para esclarecer algumas dúvidas, aprender algo novo. Ele brincava comigo dizendo que eu levava jeito para aquilo, mas eu nunca acreditava. E o que menos esperava aconteceu: o meu professor iria sair da unidade em que eu estudava e me ligou para que eu assumisse o seu lugar nas turmas multimídia”.     

Tomar a decisão de aceitar o desafio não foi simples: “depois de muito conversar com meu professor, ele acabou me mostrando qualidades minhas que nem eu mesmo enxergava. Então eu decidi primeiro auxiliá-lo em algumas de suas turmas, como forma de teste e ao mesmo tempo treinamento. Resultado? Acabei ficando”, ele conta.

Para quem estava acostumado a viver com a timidez e a dificuldade em trocar experiências com outras pessoas, Gustavo acabou direcionando sua carreira para um caminho que nunca havia considerado, mas que o ensinou o significado de realização pessoal: “hoje, posso afirmar com segurança que amo o que descobri na área. Não dá para explicar a sensação de poder ajudar meus alunos a realizar os seus sonhos, a aprender, a crescer, assim como um dia meu professor fez comigo”. Ele atualmente coordena todos os cursos da área de multimídia e digitação da unidade Timbaúba.

O menino cheio de inseguranças acabou se tornando um profissional extremamente orgulhoso do que faz, que tem agora também a admiração de seus alunos: “tivemos um aluno bem idoso, que entrou no curso meio desconfiado se realmente iria aprender algo devido à sua idade. Lembro que no seu último dia de aula, ele esperou todos os alunos saírem, chegou muito emocionado perto de mim e falou: ‘entrei aqui quase em depressão, entediado, nunca imaginei aprender tanto. Obrigado por tudo que o senhor fez por mim, nem o pessoal de minha família deu tanta atenção e carinho como o senhor, jamais lhe esquecerei’. Fiquei muito emocionado e respondi dizendo ‘apenas estou fazendo meu trabalho, tratar meus alunos da mesma maneira que gostaria de ser tratado, pode contar comigo sempre aqui e na vida lá fora’. Ele até hoje faz a maior festa quando me vê”, conta Gustavo.

Completando 6 anos de Microlins, Gustavo vê a própria vida transformada pelo voto de confiança dado na profissionalização. “Sem sombra de dúvidas meus maiores sonhos foram conquistados na Microlins. Passei a ser um cara mais confiante, consegui meu primeiro emprego, conheci várias pessoas que carrego comigo até hoje”. Ao contar a sua história, é impossível não lembrar do incentivo do avô para que ele estudasse o que gosta: “meu avô ficaria orgulhoso de saber aonde cheguei”.

Hoje, Gustavo veste a camisa da Microlins e tem planos de seguir crescendo na área pedagógica da unidade: “uma de minhas metas profissionais é ser coordenador pedagógico”, conta. “Tenho orgulho de ter sangue azul correndo em minhas veias, de fazer parte dessa equipe que dá o máximo de si pelo bem de seus alunos. Basta querer, basta fazer acontecer”. E Gustavo fez a própria história acontecer.

Faça como o Gustavo, invista em si mesmo e encontre a carreira ideal para você. Conheça as qualificações que a Microlins tem a oferecer. Seja um vencedor, venha para a Microlins!

COMENTÁRIOS

ESCOLAS

Procure a Escola Microlins mais perto de você!

NEWSLETTER

Cadastre-se e recebar novidades, promoções e muito mais
©Microlins Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning